Base de dados eletrônicas

Reúne o conhecimento prático e global relativo à produção intensiva de animais ruminantes (bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos), suínos e aves, com aplicabilidade tanto em países desenvolvidos como naqueles em desenvolvimento. Abrange todos os aspectos da produção, com ênfase na saúde animal, além de informações sobre produção, melhoramento, nutrição e manejo. Oferece centenas de tópicos relativos à habitação, comportamento, genética, técnicas de reprodução, identificação, transporte, bem-estar, abate e, ainda, legislação de produtos como leite, carne, e ovos. obter informações sobre doenças animais, seus patógenos e vetores, bem como a pecuária, genética e nutrição de gado e aves de capoeira espécies e raças. Reconhecendo a sua estreita associação, o Compêndio relaciona os conhecimentos sobre saúde, doenças, inocuidade e qualidade dos alimentos e aspectos relacionados com a criação de gado e aves de capoeira. Apresenta ainda estatísticas, mais de 3.000 fichas de dados sobre doenças animais, patógenos, vectores de doenças, espécies e raças de gado e aves de capoeira e segurança alimentar, Mais 20.000 fichas ‘básicas’, mais de 135.000 registros bibliográficos da base de dados CAB Abstracts, mais de 13.000 registros bibliográficos vinculados a artigos de texto completo. 2.000 + imagens para demos e ensino. Glossário com mais de 30.000 definições. Uma extensa biblioteca eletrônica com mais de 200 itens.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

Indexa publicações sobre bioquímica e biofísica; química; ciências da terra e do meio ambiente; ciência e tecnologia dos alimentos; biologia molecular e farmacologia, referente às áreas de Ciências Físicas e Engenharia bem como Ciências em geral. Absorveu as bases Chromatography Abstracts e RSC Chromatography Monographs. 1980 até a atualidade.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

Compilação do conhecimento global sobre Aquicultura objetivando a resolução de problemas tanto em países desenvolvidos como em desenvolvimento. Inclui a gestão dos recursos aquáticos no contexto mais amplo, com informação sobre todas as espécies cultivadas em água doce, salobra e marinha. Oferece informações sobre sistemas de produção aquáticos e o uso sustentável da água doce e da água salgada em todo o mundo. Inclui centenas de tópicos sobre peixes, crustáceos, moluscos e algas, além de informações sobre genética, sementes, qualidade da água, transporte, técnicas de engenharia, economia e legislação. Um recurso enciclopédico de mídia mista que abrange todos os aspectos da aquicultura. Aborda questões de produção de animais e plantas aquáticas, recursos naturais e meio ambiente, biodiversidade, comércio, segurança e segurança alimentar, alívio da pobreza, meios de subsistência e muito mais. Mais de 700 fichas de dados, incluindo informações detalhadas sobre 300 espécies aquáticas cultivadas e 100 doenças e distúrbios aquáticos. Informação resumida sobre 200 outras doenças. Fichas técnicas sobre os sistemas de produção e ambientais e questões abrangentes no domínio da aquicultura. 130 estudos de caso. Exemplos de resolução prática de problemas e inovação. Uma biblioteca eletrônica de informações especialmente encomendadas e previamente publicadas – com 1000 itens de fontes internacionalmente respeitadas. Banco de dados bibliográficos com mais de 80.000 registros, com citações. Mais de 2.000 imagens para facilitar a identificação e o ensino. Um glossário interativo, com mais de 30.000 definições.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

Base de dados especializada em recursos aquáticos, indexa mais de 5 mil títulos de periódicos, além de livros, relatórios, anais de congressos e documentos de circulação restrita. A série ASFA é a referência mais importante no campo dos recursos oceanográficos. Os textos inseridos no ASFA são fornecidos por uma rede internacional de centros de informações em constante crescimento, que monitora mais de 5.000 publicações em série, livros, relatórios, anais de conferências, traduções e literatura de distribuição limitada. O ASFA é parte integrante do Aquatic Sciences and Fisheries Information System (ASFIS – http://www.fao.org/fi/asfa/partners.asp), formado por quatro órgãos das Nações Unidas patrocinadores do ASFA e por uma rede de parceiros nacionais e internacionais.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

A Biblioteca Digital da Produção Intelectual da Universidade de São Paulo (BDPI) é um sistema de gestão e disseminação da produção científica, acadêmica, técnica e artística gerada pelas pesquisas desenvolvidas na USP. A Resolução 6444, de 22 de outubro de 2012, estabelece e determina a BDPI como o instrumento oficial da Universidade de São Paulo para reunião da produção intelectual.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações – BDTD Brasil reúne a produção acadêmica de 105 instituições brasileiras. A Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) tem por objetivo reunir, em um só portal de busca, as teses e dissertações defendidas em todo o País e por brasileiros no exterior. A BDTD foi concebida e é mantida pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) no âmbito do Programa da Biblioteca Digital Brasileira (BDB), com apoio da Financiadora de Estudos e Pesquisas (FINEP), tendo o seu lançamento oficial no final do ano de 2002.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

A Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo foi criada para disponibilizar na Internet o conhecimento produzido pelos trabalhos defendidos na Universidade de São Paulo, permitindo que as comunidades brasileira e internacional possam ter em mãos a versão digital completa das teses e dissertações. Para acessar a base de dados, clique aqui.

A BioOne reúne periódicos nas áreas de Ciências Biológicas e Ciências Ambientais publicados por associações profissionais e sociedades científicas, cobrindo temas como aquecimento global, pesquisas em células troncos, ecologia e biodiversidade. A base foi criada em 1999 a partir da colaboração de cinco entidades: o American Institute of Biological Sciences (AIBS), o Scholarly Publishing & Academic Resources Coalition (SPARC), a Universidade do Kansas, a Greater Western Library Alliance (formada por 12 consórcios de bibliotecas) e a Allen Press, Inc.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

Opera como uma coleção descentralizada e dinâmica de fontes de informação, propiciando de forma ágil e organizada o acesso ao conhecimento técnico-científico das áreas de medicina veterinária, zootecnia e ciências afins.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

CAB Direct é a mais completa e extensa fonte de referência nas ciências da vida aplicadas, incorporando as principais bases de dados bibliográficas CAB Abstracts e Global Health. Sua área principal de conhecimento é da literatura agrícola em âmbito internacional. Contém mais de 12 milhões de registros, com cobertura desde 1973 até os dias atuais, adicionando 360 mil resumos por ano. A cobertura de assuntos inclui agricultura, meio ambiente, ciências veterinárias, economia aplicada, ciência dos alimentos e nutrição. Banco de dados abrange questões internacionais na agricultura, silvicultura e disciplinas afins nas ciências da vida. As publicações indexadas são de 120 países em 50 idiomas, incluindo resumos em inglês para a maioria dos artigos. Cobertura de literatura inclui revistas, procedimentos, livros e uma grande coleção de seriados agrícolas. Outros formatos também são indexados. O CAB Direct fornece um ponto de acesso único e conveniente para todas as suas assinaturas de banco de dados do CABI. Um mínimo de 35% de registros bibliográficos adicionados por ano ao texto completo gratuito disponível em documentos de acesso aberto ou mantidos no repositório exclusivo de texto completo do CABI, constituindo mais de 4 mil periódicos e títulos de literatura cinzenta onde o texto completo pode ser acessado diretamente da CAB Direct. O CAB Direct usa CAB Thesaurus, o extenso índice on-line de termos do CABI para pesquisa.

Acesse clicando aqui.

O Sistema Dedalus é um catálogo geral de consulta que permite pesquisar todas as obras de interesse acadêmico e geral, distribuídas pelos acervos das bibliotecas da Universidade de São Paulo (USP), incluindo livros, monografias, teses, dissertações, revistas, artigos e outros trabalhos de produção docente. Possibilita a busca de obras no acervo pelo título, autor, assunto selecionado, editora e gênero/forma. Este recurso é bastante utilizado por aqueles que desejam realizar pesquisas bibliográficas no acervo das bibliotecas da USP, permitindo a localização do volume buscado no acervo de forma rápida e precisa. Fornece acesso também ao sistema de empréstimo unificado da USP.

Para acessar clique aqui.

Derwent Innovations Index é uma poderosa ferramenta de pesquisa de patentes que combina Derwent World Patents Index® , Patents Citation IndexTM e Chemistry Resource (assinatura separada necessária), um banco de dados da estrutura quí mica que pode ser usado para localizar patentes contendo informações químicas. Derwent Innovations Index é atualizado semanalmente e contém mais de 16 milhões de invenções práticas, desde 1963 até os dias de hoje. As informações de patentes são coletadas com 41 autoridades emissoras de patente em todo o mundo. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Repositório de repositórios acadêmicos mundiais, inclusive do Brasil, de acesso aberto. Cada um dos repositórios é visitado por pessoal do OpenDOAR para assegurar um elevado grau de qualidade e consistência da informação e efetivo acesso a textos completos. Para acessar a base de dados, clique aqui.
O Directory of Open Access Books (DOAB) é um serviço da Fundação OAPEN. A Fundação OAPEN é uma iniciativa internacional dedicada ao Acesso Aberto de publicações do tipo monografia, localizado na Biblioteca Nacional de Haia e é desenvolvido pela mesma equipe responsável pelo DOAJ (de periódicos). O principal objetivo do DOAB é ampliar a descoberta de livros de acesso aberto. O diretório é aberto a todos editores que publicam obras acadêmicas, com revisões de pares em acesso aberto e de acordo com normas e padrões acadêmicos. Todos os livros do DOAB estão disponíveis nos formatos Dublin Core OAI_DC e MARCXML. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Diretório de revistas eletrônicas de acesso aberto (open access), mantido pela Lund University Libraries na Suécia. Permite o acesso gratuito a revistas científicas e acadêmicas de qualidade. Também podem ser realizadas buscas por artigo de periódico. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Ferramenta de pesquisa biomédica. Apresenta informações sobre drogas e tratamento de doenças,por meio de conteúdo confiável e autorizado que permite às áreas biomédica e farmacêutica, o desenvolvimento de novos medicamentos e a descoberta de novas aplicações para drogas existentes. Embase permite aos usuários recuperar artigos relevantes que muitas vezes não podem ser encontrados em outras ferramentas de busca. Esse conteúdo pode ser encontrado porque o Embase combina um trabalho de indexação com uma poderosa ferramenta de busca. Atualmente possui como fonte mais de 25 milhões de registros, provenientes de mais de 7.000 revistas científicas de mais de 70 países indexadas através do tesauro EMTREE, que engloba também as nomenclaturas MeSH. Além disso, possui mais de 5 milhões de artigos e trabalhos de conferências que estão exclusivamente indexados no Embase e todo o conteúdo da MEDLINE produzido pelo National Library of Medicine (NLM). Para acessar a base de dados, clique aqui.
A F1000 Primer é composto por artigos e matérias recomendadas por 8.000 cientistas seniores e principais especialistas em todas as áreas da biologia e medicina. A F1000 recomenda os Artigos mais importantes, avalia-os e fornece explicações curtas para suas seleções. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Enciclopédia multimídia de espécies invasoras causadoras de doenças animais e ameaçam o meio ambiente em todo o mundo. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Oferece acesso a base de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) que é uma base cooperativa do Sistema BIREME que compreende a literatura relativa às Ciências da Saúde, publicada nos países da região, a partir de 1982. Indexa artigos de cerca de 1.300 revistas, teses, capítulos de teses, livros, capítulos de livros, anais de congressos e conferências, relatórios técnico-científicos e publicações governamentais. Inclui referências com resumos e seu acesso é gratuito. Para acessar a base de dados, clique aqui.
O Portal Regional da BVS é o espaço de integração de fontes de informação em saúde que promove a democratização e ampliação do acesso à informação científica e técnica em saúde na América Latina e Caribe (AL&C). É desenvolvido e operado pela BIREME em 3 idiomas (inglês, português e espanhol). Aplica a interface integrada de busca IAHx com recursos de filtros, exportação de resultados, busca avançada e interoperação com o DeCS/MeSH . Para acessar a base de dados, clique aqui.
O Portal de Livros Abertos da USP promove a reunião e divulgação dos livros digitais acadêmicos e científicos publicados em acesso aberto por docentes e/ou funcionários técnico-administrativos da Universidade de São Paulo. Para acessar a base de dados, clique aqui.
O Portal de Revistas USP é a biblioteca digital das revistas publicadas por Unidades, Órgãos de Integração e Órgãos Complementares da Universidade de São Paulo e, em alguns casos, em parceria oficial com instituições externas. Trata-se de mais um dos serviços do Programa de Apoio às Publicações Científicas Periódicas da USP e mantido pelo Sistema Integrado de Bibliotecas. Apoiado na filosofia do Acesso Aberto, o Portal foi criado em 2008 com o objetivo de reunir, organizar e prover acesso pleno e gratuito às revistas publicadas sob a responsabilidade da Universidade de São Paulo, ampliando sua visibilidade em âmbito nacional e internacional. Em 2012 é remodelado, alterando-se inclusive sua tecnologia inicial, de modo a preparar tanto as revistas como seus editores para mais um salto qualitativo rumo a internacionalização e modernização exigidas na contemporaneidade. Com isso passa a integrar uma rede de portais de revistas científicas que utilizam o Open Journal Systems como plataforma tecnológica. Para acessar a base de dados, clique aqui.
PubMed Central (PMC) é o arquivo digital gratuito do U.S. National Institutes of Health (NIH) de periódicos das áreas de biomedicina e ciências da vida. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Reaxys oferece informações sobre química orgânica, inorgânica e organometálica de revistas científicas desde 1771, e literatura das principais patentes relacionadas desde 1889. A ferramenta de busca permite ao usuário relacionar dados experimentais de propriedade e de substâncias, reações incluindo as condições experimentais e informações sobre catalisadores. Para acessar a base de dados, clique aqui.
SciELO – Scientific Electronic Library Online é um programa de publicação de literatura acadêmica e científica em acesso aberto mantido com recursos da FAPESP, CNPq, BIREME/OPAS/OMS e Unifesp. Congrega periódicos editados em países como África do Sul, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Espanha, México, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela. Para acessar a base de dados, clique aqui.

Chemical Abstracts Service (CAS) é uma divisão da Sociedade Americana de Química (American Chemical Society) que produz os Chemical Abstracts, uma publicação que indexa literatura científica sobre a química. Os Chemical Abstracts são publicados desde 1907. A CAS mantém também o registro CAS, uma base de dados de substâncias químicas. Cada substancia desta base de dados recebe um número CAS único e estes números são muitas vezes utilizados para descrever de maneira única as substancias químicas. Alem disso as substâncias recebem um nome de índice CA único que é construído segundo as regras rígidas de nomenclatura. Para facilitar a procura de compostos próximos, o grupo funcional o mais importante da substancia é nomeado em primeiro lugar, seguido das modificações; existem algumas outras diferenças entre os nomes de índice CA e a nomenclatura IUPAC.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

A base de A dados Scopus (Elsevier) permite uma visão ampla de tudo que está sendo publicado cientificamente sobre um tema. Por meio dos mecanismos de busca e descoberta, facetas e refinamentos, você poderá encontrar as informações que necessita sobre artigos e revistas, citações e referências, métricas de impacto, além de autores e instituições de todas as áreas de conhecimento. São mais de 46 milhões de registros, 70% com resumos, atualizados semanalmente. A base Scopus reúne informações de aproximadamente 23.000 títulos de revistas de mais de 5.000 editoras de todo o mundo, além de patentes, trabalhos de eventos e ebooks.

Para acessar a base de dados, clique aqui.

A editora Taylor & Francis tem um escopo de publicações voltadas para todas as áreas de Conhecimento da Capes, possuindo um caráter multidisciplinar em cerca de 1.495 títulos de periódicos, abrangendo desde 1997 aos dias atuais. Clique no título desejado para folhear os fascículos e consultar os resumos e os textos completos dos artigos. Quando estiver no site deste editor, você poderá ter acesso pesquisando pelo título, ISSN, ou mesmo procurando pela categoria de assuntos. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Base de dados, de acesso gratuito, que indexa revisões sistemáticas em Medicina Veterinária, mantida pelo Centre for Evidence-based Veterinary Medicine (CEVM) da Nottingham University. Para acessar clique aqui.

Base multidisciplinar que indexa somente os periódicos mais citados em suas respectivas áreas. É também um índice de citações, informando, para cada artigo, os documentos por ele citados e os documentos que o citaram. Possui hoje mais de 9.000 periódicos indexados. É composta por: Science Citation Index Expanded (SCI-EXPANDED): 1945 até o presente; Social Sciences Citation Index: 1956 até o presente; Arts and Humanities Citation Index: 1975 até o presente. A partir de 2012 o conteúdo foi ampliado com a inclusão do Conference Proceedings Citation Index- Science (CPCI-S); Conference Proceedings Citation Index- Social Science & Humanities (CPCI-SSH).

Para acessar a base de dados, clique aqui.

Coleção de revistas em textos completos cobrindo as áreas de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e Linguística, Letras e Artes. Para acessar a base de dados, clique aqui.
Base de Dados mais antiga do mundo de biologia animal. É considerada a principal referência taxonômica do mundo e com cobertura que remonta a 1864 (mais de 150 anos), como o registro não oficial do mundo dos nomes de animais. O amplo escopo da cobertura varia desde biodiversidade, ambiente até taxonomia e ciências. Determine a primeira aparição de um animal na literatura publicada, acompanhe pesquisas em campos significativos como biodiversidade, ecologia, conservação e preservação da vida selvagem. Acompanhe mudanças na classificação e nas relações dos organismos. É possível também verificar se há novas descrições de espécies. É possível identificar potenciais colaboradores com registros de citações significativos, integrar pesquisa, escrita e criação de bibliografia em um processo simplificado. O acesso é realizado por meio da interface da Base de Dados Web of Science. Acesse, clicando aqui.

Ferramentas

Portal contendo normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e do Mercosul, além de 360 mil legislações de órgãos reguladores nacionais, como INMETRO, ANEEL, ANVISA, dentre outros. O acesso ao conteúdo é aberto a toda comunidade USP, por meio de reconhecimento de IP. Caso o usuário deseje acessar o conteúdo fora da Universidade há duas formas: usando a VPN USP (http://www.sti.usp.br/atendimento/faq/vpn/vpn-tutoriais/) ou pela Senha Única da USP (link de acesso no endereço: https://uspdigital.usp.br). Responsável pela Assinatura: Superintendência do Espaço Físico (SEF) da USP. Para acessar a ABNT, clique aqui.
ASTM International disponibiliza mais de 12 mil normas técnicas ativas aplicáveis a materiais, sistemas, produtos e serviços. As normas são utilizadas na padronização das áreas de design, produção industrial e comércio. Estão disponíveis, também, a Digital Library com periódicos em texto completo e a Special Technical Publications (STP) – publicações técnicas especiais apresentadas em simpósios organizados pelos Comitês Técnicos da ASTM e manuais (informações práticas) e monografias (informações técnicas avançadas) da Sociedade. Para acessar a base, clique aqui.
Base de dados analítica que permite análises bibliométricas e cientométricas a partir de registros de artigos, trabalhos e outras publicações indexadas na Base Web of Science. Para acessar o Incites, clique aqui.
Journal Citation Reports (JCR) é uma publicação eletrônica anual da Thomson Reuters que fornece informações sobre revistas acadêmicas nas ciências e ciências sociais, incluindo fatores de impacto. O JCR foi originalmente publicado como parte do Science Citation Index. O JCR oferece um método sistemático e objetivo para avaliar criticamente os principais periódicos do mundo, com informações estatísticas quantificáveis baseadas em dados de citações. Ao compilar as referências citadas dos artigos, o JCR ajuda a medir a influência e o impacto da pesquisa nos níveis da revista e da categoria e mostra a relação entre citações e revistas citadas. Para acessar o JCR, clique aqui.
Qualis é uma lista de veículos utilizados para a divulgação da produção intelectual dos programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), classificados quanto ao âmbito de circulação (Local, Nacional, Internacional) e à qualidade (A, B, C), por área de avaliação. Para acessar o Qualis, clique aqui.
Lista de assuntos utilizada para a indexação de recursos de informação no Dedalus. Para acessar o Vocabulário Controlado da USP, clique aqui.
Thesaurus em Medicina Veterinária. Utilize para buscar palavras-chave para indexar monografias e artigos científicos. Para acessar o Thesvet, clique aqui.